SE INSCREVE NO NOSSO CANAL:

Publicidade

SAUDADE: Criador de ‘La Casa de Papel’ confessa arrependimento por matar personagem: “tinha muito que agregar”

No último 03 de dezembro a Netflix disponibilizou os últimos episódios da série espanhola La Casa de Papel. Ademais, o produto se converteu em um enorme sucesso na plataforma e chegou ao final com 5 temporadas.
Apesar de durante o seriado muitos personagens terem se despedido do público, houve um em especial que provocou arrependimento nos próprios criadores do show.
Nesse sentido, em uma entrevista recente o criador da série, Álex Pina, revelou qual personagem ele arrepende-se de ter eliminado do show de maneira prematura.

Quem não deveria ter morrido em “La Casa de Papel”?

Em primeiro lugar, o roteirista Javier Gómez tomou a palavra. Segundo o próprio escrever o final da ficção não foi nada fácil. Além disso, ele agregou que lembra do personagem Moscou, interpretado pelo ator Paco Tous, o qual segundo ele não deveria ter ido tão cedo. “Ele era um personagem que oferecia muita comédia e que, para mim, ainda tinha muito a agregar“, disse. Em seguida, Álex Pina completou as palavras do colega explicando que não imaginavam que a série se estenderia. “Não achávamos que a produção teria uma jornada tão longa“, comentou.
A explicação
Apesar de grande parte do público ter conhecido a série pela Netflix, o seriado a príncipio foi ao ar em uma emissora da Espanha. Contudo, a produção não teve boa audiência e obteve uma única temporada, que na Netflix virou duas. De acordo com o criador da série, se naquela época tivessem previsto que o show continuaria, certamente o personagem do Moscou não teria ido tão cedo.

La Casa de Papel está disponível na Netflix com as 5 temporadas completas da série.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O blog Brasil Notícia e tv agradece o carinho, fique ligado em nosso blog.

Publicidade

Publicidade

Publicidade