SE INSCREVE NO NOSSO CANAL:

Publicidade

Se Nos Deixam: Após matar Samuel, Karina é suspensa da polícia

Na novela Se Nos Deixam Samuel é um homem muito violento que quase matou Fernanda e Gonçalo. Após fugir do hospital, o homem ficou vigiando Fernanda e o filho de Alice e logo ele fará uma loucura. Gonçalo foi morar com Fernanda, pois sua mãe Alice e sua avó Eva foram expulsas de casa por seu pai Sergio Carranza. Certa manhã Gonçalo sai para correr e Samuel o persegue de carro.
O rapaz percebe que está sendo seguido e entra numa floresta e Samuel entra logo atrás. Felizmente, Gonçalo consegue avisar para Fernanda o que está acontecendo e ela chama a polícia.
Após a polícia tentar fazer Samuel se entregar sem sucesso, Karina lhe dá um tiro e ele morre na hora. Mujica não vai gostar da história e irá suspender Karina até que as investigações terminem.
Em Se Nos Deixam Karina é suspensa da polícia por ter matado Samuel
Nos próximos capítulos de Se Nos Deixam Samuel fará Gonçalo de refém e enfrentará a polícia. Karina pede para ele soltar a arma e ele não solta. Em seguida, escuta-se um tiro e Samuel cai morto no chão.
Já na delegacia Mujica briga com Karina e Gutiérrez, pois não poderiam ter matado o suspeito, por que ele não tinha utilizado a sua arma em nenhum instante. Mujica fala que a imprensa vai cair em cima dele e Gutiérrez diz que não tinha outro jeito.
Na trama Se Nos Deixam Karina fala que se responsabiliza por tudo e Mujica afirma que sim e que ela será suspensa por ter matado Samuel. Karina fica muito triste, mas agora ela terá que aguardar as investigações para saber se volta ou não para o seu trabalho.
Na realidade, Samuel não utilizou a sua arma, mas estava prestes a fazer isso, pois ele estava disposto a tudo para se vingar de Fernanda e Gonçalo. Karina fez o correto, por que de nada adiantaria ela agir depois que o criminoso ferisse ou matasse outra pessoa.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O blog Brasil Notícia e tv agradece o carinho, fique ligado em nosso blog.

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade