SE INSCREVE NO NOSSO CANAL:

Publicidade

Diretor de série de Neymar explica ausência de Bruna Marquezine

Neymar: O caos perfeito, documentário sobre a trajetória do craque e as polêmicas que marcaram a sua carreira dentro e fora de campo, estreou na Netflix na última terça-feira (25/01). O título, composto por 3 episódios com cerca de 50 minutos de duração cada, dirigidos por David Charles Rodrigues conta com participações de astros do futebol, familiares, jornalistas, amigos e funcionários do jogador de futebolrevelado pelos Santos. No entanto, há uma notável ausência: Bruna Marquezine.
O casal, conhecido como Brumar, foi marcado por idas e vindas entre 2012 e 2018, fazendo com que a atriz estivesse presente em importantes momentos da vida do atleta, como a Copa do Mundo disputada no Brasil em 2014. O relacionamento sempre foi alvo da pressão dos fãs, além de enfrentar o assédio constante dos paparazzis de plantão.
Em entrevista exclusiva ao Notícias da TV, David Charles justificou a ausência de Bruna e revelou que a vida amorosa de Neymar Jr. não era um tópico do interesse da série documental.
"Não tivemos em nenhum momento contato com a Bruna. A realidade é que ela nunca foi um foco da história [do documentário]. A gente não queria entrar muito nesta parte da vida dele porque não era importante no momento em que estávamos filmando. O que fizemos foi documentar o tempo real, presente, e conectamos com uma parte da carreira dele", explicou. Na visão do cineasta, Marquezine simplesmente nunca foi peça-chave para o enredo da história que seria contada no seriado. Mas, reforçou que caso sua participação fizesse sentido para a obra, ele faria de tudo para entrevistá-la. O diretor realizou entrevista de dentro da casa do craque em Paris, cidade do seu time Paris Saint-Germain (PSG), e contou que com o tempo ele e sua equipe já estavam mais próximo do atleta e do estafe de Neymar. David reforçou que o camisa 10 da Seleção Brasileira ao perceber que a intenção era mostrar sua imagem enquanto ser humano, e não celebridade, ele foi se abrindo sua intimidade cada vez mais. "A coisa que eu mais admiro na produção do documentário e na relação com Neymar e seus familiares é que, no momento em que eles entenderam o que estávamos fazendo, aceitaram o processo e confiaram na gente. Eles realmente abriram as portas e deram total acesso para podermos captar as várias dimensões da vida e história do Neymar", destacou.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O blog Brasil Notícia e tv agradece o carinho, fique ligado em nosso blog.

Publicidade

Publicidade

Publicidade