SE INSCREVE NO NOSSO CANAL:

Publicidade

Gil do Vigor detona cantora gospel por fala homofóbica: 'Falta de amor ao próximo'

Rio - Uma nova polêmica agitou as redes sociais, na última quarta-feira, após viralizar o vídeo em que a cantora gospel Bruna Karla faz declarações homofóbicas. Durante entrevista ao podcast de Karina Bacchi, a artista disse ter se recusado a cantar no casamento de um amigo homossexual. A fala deixou internautas revoltados e até Gil do Vigor foi ao Twitter para detonar a cantora. Nesta quinta-feira, o cantor Jão também se pronunciou sobre as falas de Bruna Karla e destacou que a homofobia é crime no Brasil: "O discurso dessa cantora gospel em um podcast é muito criminoso. Não dá pra ficar no 'ah, é só ignorar, é a religião dela…', porque essa fala enlouquece e mata muita gente que começa a se odiar. É uma homofobia escancarada e deveria ser passível de processo", declarou.
Em um vídeo que já conta com mais de 2,5 milhões de visualizações no Twitter, Bruna Karla diz que aconselhou seu amigo a casar com uma mulher e acrescentou que o rapaz estaria "escolhendo o caminho da morte eterna". “Teve um amigo que me perguntou: ‘Bruna, quando eu me casar você vai no meu casamento?’ e eu olhei para ele, fui bem sincera e disse: ‘Ah, quando você se casar com uma mulher linda e cheia do poder de Deus, eu vou sim’”, relatou.
"Aos meus queridos ouvintes homossexuais, o que Deus tem para a sua vida é libertação. O que Deus tem para a sua vida é o que ele sonhou para você. Receba todo o meu amor, o meu respeito, porque Jesus não sonhou isso para você. Lá no julgamento, quando Jesus voltar, se ele estiver, ele vai falar 'poxa, a Bruna andou comigo, ela sabia que eu estava errado, que o caminho que eu estava escolhendo era de morte eterna'", completou a cantora gospel.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O blog Brasil Notícia e tv agradece o carinho, fique ligado em nosso blog.

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade